Um dos maiores nomes da música cristã falece, e mundo Gospel ignora completamente!

0
56
Feliciano Amaral

Um dos maiores nomes da música cristã falece, e mundo Gospel ignora completamente!

O cantor cristão Feliciano Amaral, veio a falecer na manhã deste sábado dia 07 de julho de 2018, ele que era conhecido como o “Rouxinol do Sertão” pode descansar nos braços de Deus, após permanecer por semanas internado através da Santa Casa em Rondônia.

Essa triste notícia, parece não ter impactado de formar significativa a grande maioria dos artistas no meio gospel contemporâneo. Apenas alguns dos veteranos prestaram suas homenagens, músicos de tempos onde a música gospel ainda era chamada de “Cristã”, e os seus valores eram diferentes do que vemos nos dias de hoje.

Feliciano Amaral ele não foi apenas cantor da música cristã, mas foi, talvez um dos mais importantes desse século.

De sua geração surgiu alguns nomes como; Luiz de Carvalho, Jair Pires, Vitorino Silva, Ozeias de Paula, Edgar Martins, e Creuza de Oliveira.

Confira as homenagens que foram feitas ao pastor Feliciano Amaral, durante o dia nas redes sociais:

Hoje dormiu no Senhor esse grande homem de Deus. Sempre Deus o usou pra minha vida, nos encontraremos nos céus. Feliciano Amaral homem de Deus

Uma publicação compartilhada por Mattos Nascimento (@mattosnascimento_oficial) em 7 de Jul, 2018 às 8:12 PDT

“Volta, minha alma, a teu repouso, pois o SENHOR te fez bem”. Salmos 116:7 “Preciosa é à vista do SENHOR a morte dos seus filhos”. Salmos 116:15 O maior Cantor de Música Sacra de toda a história, Pastor Feliciano Amaral, dorme em paz. O Senhor chamou para Sua presença. Logo soará a trombeta final da vitória, então veremos o nosso querido irmão, juntamente com os nossos entes queridos, que a mão cruel da morte arrebatou. Uma semente não morre Jamais. Será transformada em frutos de paz. Assim é a vida do crente fiel. Plantada na terra Ressurge nos céus. Descansa em em paz CAMPEÃO. Bispo Abner Ferreira e Bispa Marvi Ferreira

Uma publicação compartilhada por Abner Ferreira (@bispoabnerferreira) em 7 de Jul, 2018 às 6:00 PDT

Dia triste pra música cristã brasileira!

Morreu aos, aos 97 anos, o pastor e cantor Feliciano Amaral. Uma dos precursores da nossa música. Homem que cantou, com uma voz e uma interpretação singular, durante muitos e muitos anos, em uma época que tudo era mais simples.. sem o glamour de hoje. Tive o privilégio de ouvir, por algumas vezes, ele louvando a Deus na minha antiga igreja (PIB de Padre Miguel).

Com certeza esta nova “geração de adoradores” não vão saber da história dele! Que pena, pois todos nós devemos, primeiro a Deus, e segundo a esses ícones da nossa música. Descanse em paz meu irmão. Com certeza Deus te recebeu com os seus braços abertos! Pois você deixou pra nós um legado enorme!

Meus sentimentos e respeito a todos familiares e amigos! Vou terminar com um trecho de uma canção que meu pai(também já nos braços do Pai) sempre escutava no fim do dia, e que era interpretada pelo nosso querido Feliciano Amaral. “Finda-se esta dia que meu Pai me deu, sombras vespertinas cobrem já o céu. Oh Jesus bendito, se comigo estais, eu não temo a noite, vou dormir em paz..” Eu tive o privilégio de gravar essa canção no meu projeto solo, que Se chama #CANÇÕESETERNASCANÇÕES @novosomoficial

Uma publicação compartilhada por Alex Gonzaga/Novo Som (@alexgonzagaoficial) em 7 de Jul, 2018 às 10:45 PDT

Até o fechamento dessa reportagem, esses foram alguns dos nomes mais populares que se manifestaram sobre a morte do pastor.

Na página oficial no Facebook, que era usada para divulgar sobre o estado de saúde do cantor, a famiília escreveu o seguinte texto:

 

“Combati o bom combate, acabei a carreira e guardei a fé”…

Às 6:30 de hoje, aos 97 anos, foi promovido à glória o cantor e pastor FELICIANO AMARAL. Começou as atividades como cantor evangélico em 1948, com a gravação do 1ºdisco de 78 rpm do catálogo da gravadora Atlas, ligada à Convenção Batista Brasileira. Este é um dos primeiros registros sonoros de música evangélica do País. O cantor Feliciano Amaral, conhecido como “ROUXINOL DO SERTÃO”, após 70 anos de ministério no louvor e adoração, silencia sua melodiosa voz aqui na terra , e entra no repouso dos santos, onde a eternidade o aguarda para o compor o coral dos santos imortais que pelos séculos dos séculos entoarão os cânticos de Sião.

Seus olhos se fecham aqui, mas os louvores que alimentaram os famintos de alma, consolaram os abatidos e edificaram a fé inabalável firmada na Palavra de Deus , perpetuam o legado e história deste sacerdote do louvor.

Deus console os familiares queridos e à todos os amigos e irmãos !

Pela Assembleia de Deus Tradicional no Amazonas/CEADTAM

Pr. Gedeão Menezes”

Ainda não foi divulgada nenhuma informação sobre o seu sepultamento.

Vivemos em uma era onde a música cristã está totalmente banalizada. Não se valoriza os que deram os primeiros passos para que o gospel se tornasse o que se tornou hoje em dia. E as letras estão cada vez mais vazias e sem conteúdo. Músicas feitas somente para ganhar dinheiro, onde a espiritualidade e a fé foram deixadas de lado.

Os músicos cristãos estão preocupados em viver como artistas, com luxos, fama e muito dinheiro e se esqueceram que foram chamados primeiramente para glorificar e honrar a Deus com seus talentos.

Vamos orar para que Deus possa levantar no meio desse povo que a cada dia está mais egoísta pessoas como Feliciano Amaral que deixou bons exemplos para aqueles que queiram seguir.

Compartilhe com os amigos

Deixe seu comentário